Domingo, 10 de Fevereiro de 2008

Onda de assaltos

Na sequência de uma onda de assaltos sem precedentes no Bairro, alguns moradores decidiram fazer um abaixo assinado a denunciar a situação, que enviaram ao Presidente da CME, ao Governo Civil de Évora e ao Comandante da PSP de Estremoz.

O Sub-Comissário João Carvalho recebeu a Associação Por Santiago numa reunião em que se debateram as circunstâncias desses assaltos.

Neste encontro ficaram definidos dois eixos fundamentais para tentar resolver esta questão:

1. A PSP vai reforçar a vigilância em Santiago e apostar num policiamento de proximidade com a população, e

2. A Associação Por Santiago vai envidar todos os esforços para que as forças policiais tenham acesso a uma informação mais detalhada sobre o que se passa no Bairro, nomeadamente incrementar as queixas por escrito sempre que aconteçam furtos ou desacatos.

Culminando a cordialidade da reunião ficou ainda decidido fazer um jogo de futebol entre a Associação e a PSP assim como um convívio de esclarecimento a realizar no Bairro.

publicado por Luis Mariano às 19:33
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De José da Costa a 11 de Fevereiro de 2008 às 18:56
Sei bem como estas situações são desagradáveis e penso que devem, a qualquer custo, ser denunciadas.Parabéns pela coragem!
De Anónimo a 13 de Fevereiro de 2008 às 21:38
Interrogo-me porque é que numa zona onde os habitantes pouco terão para ser furtado, porque ocorre uma onda de assaltos. Não será porque a marginalidade é empurrada para junto de quem não se quer, ou se sabe, defender? Será que as pessoas valorizam devidamente este tipo de iniciativas, ou seja, denunciar sem medo? Fica no ar a questão!
De anonimo a 22 de Fevereiro de 2008 às 16:58
Força.. essa do jogo é uma boa ideia... até mesmo para que se mostre que as coisas estão diferentes a policia esta diferente e as gentes de Santiago tambem, alíás fico-me pelo " A policia esta diferente" já vai a Santiago, dantes não ia . Parabens estive a ver as vossas actividades e gostei muito... realmente em relação ao Carnaval, a CME não se portou bem nem com vocês nem com ninguem... mas pronto, com certeza a vossa ideia teria muito mais impacto.. mais uma vez Parabéns!!!
De Lucio a 12 de Março de 2008 às 22:03
Eu pergunto o que de mal terá feito a Câmara No Carnaval de Estremoz se a organização foi do Orfeão, Luzitana e Cª? A Cãmara só deu dinheiro e não foi pouco segundo se diz

Comentar post

Associação Por Santiago

Terreiro do Loureiro - Quartéis de Baixo, 26 7100 - 511 ESTREMOZ Tel 268 324 003 por.santiago@netvisao.pt

Já por cá passaram

Free Hit Counters
Free Counter

RSS

 Subscribe in a reader

Por aqui...

online

Por cá estamos assim...

Weather Forecast | Weather Maps

Missão

Esta página tem por missão, divulgar as actividades da Associação Por Santiago e retratar tão fielmente quanto possível a realidade do Bairro. Serve também para disponibilizar um conjunto de documentos e de reflexões sobre o Bairro, nomeadamente da sua Associação. A zona histórica de Santiago (tal como o Castelo a mais antiga de Estremoz), merece melhor: da parte dos poderes central e autárquico, da parte das instituições da cidade e também da parte dos estremocenses em geral. Este contributo, necessáriamente pessoal, apenas reflete as opiniões do seu autor e único responsável. Ao contrário dos primeiros meses de existência, este espaço assume agora - em pleno - a sua condição de blog: está aberto a todas as participações. Em baixo encontrará alguns dos filmes das nossas iniciativas (para uma pesquisa mais exaustiva, vá a www.youtube.com e pesquise "Santiago - Estremoz") . Ao lado haverá opiniões, críticas e aplausos. Obrigado pela vossa visita. Luis Mariano (lmariano@netvisao.pt)

pesquisar

arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

As nossas actividades